terça-feira, julho 26, 2011

Amy Winehouse: o problema mais bem vindo dos últimos anos (Rock Zone Especial)

A morte de Amy Winehouse não chegou a ser um choque. Todos esperavam que isso acontecesse, mas muitos não estavam preparados, principalmente depois dos rumores do lançamento de um novo álbum e da criação de uma marca de roupas. Eu mesma acreditei na sua recuperação e torci muito! Fiquei triste pra caramba e tentei acreditar que era brincadeira no primeiro dia, mas veio a confirmação...



Amy lançou apenas 2 discos em sua curta e explosiva carreira, "Frank" e "Back To Black" abrindo as portas a cantores que decidiram seguir o caminho do Pop com uma pegada de soul e jazz, como Adele (que se despediu de Amy em seu blog).

"Se com ‘Frank’ Amy já impressionou o mundo com sua mistura de jazz, blues e soul; foi em 2006, com o lançamento de ‘Back to Black’, seu segundo disco de estúdio, que a cantora extrapolou os limites da fama britânica de vez e se tornou referência eterna no mundo da música. O álbum vendeu mais de 30 milhões de cópias em todo o mundo e lhe rendeu seis indicações ao Grammy 2008, das quais venceu cinco: Artista Revelação, Gravação do Ano, Melhor Disco Vocal Pop, Melhor Performance Vocal Pop Feminino e Canção do Ano (Rehab). O single mais conhecido da cantora, apesar da cara ‘retrô’, foi eleito pelos críticos como uma das músicas mais influentes da primeira década dos anos 2000.", segundo o Portal MTV.

Por ter um emocional muito abalado desde os 12 anos, quando já tinha pensamentos suicidas, o sucesso rápido e estrondoso a fez "perder o rumo". Isso adicionado ao namoro destrutivo com o ex-marido, Blake Fielder-Civil, fez com que Amy vivesse alcoolizada. Ou drogada.
Amy deixou muita coisa boa, que vai servir de inspiração para novos artistas, e lembranças à seus eternos fãs.





- - - - - -

Impostor invade funeral

Daniel Zukerman, conhecido como 'O Impostor', e André Machado, produtor do programa, foram fotografados por várias agências de notícias e tiveram suas fotos espalhadas pelo mundo como se fossem amigos da cantora.

Funeral em Londres




























Aconteceu nesta terça (26), em Londres, o funeral da cantora Amy Winehouse. Participaram cerca de 300 pessoas, entre elas o produtor musical Mark Ronson e a cantora Kelly Osbourne. Após a cerimônia de cerca de 45 minutos, o corpo da cantora seguiu para o crematório Golders Green. De acordo com o porta-voz da família, o pai da cantora, Mitch Winehouse, contou histórias da infância de Amy durante o velório. A cerimônia seguiu os preceitos judaicos e encerrou com a música 'So Far Away', de Carole King.

A presença do ex-marido de Amy, Blake Fielder-Civil, foi banida a pedido da família. "Seria um completo insulto ele estar lá", declarou o pai da cantora. Em entrevista ao tablóide britânico The Sun, Blake declarou estar inconsolável. "Minhas lágrimas não secarão. Eu nunca mais sentirei novamente o amor que senti por ela. Todos que me conheciam e conheciam a Amy sabiam da profundidade do nosso amor. Eu não consigo acreditar que ela está morta", disse Blake. Ele atualmente cumpre pena de 32 meses por roubo e posse de arma falsa. A cantora teria deixado um testamento de 10 milhões de libras, que não inclui o ex-marido.

(Portal MTV)

- - -


Um brinde a lendária Amy Jade Winehouse!

Beijos, Luma

Nenhum comentário:

Postar um comentário